fbpx

Instituto Soraïa

A natureza nos convida a observar e escutar, a compartilhar os saberes que ela nos transmite e a habitar e proteger lugares de conexão com ela.

Será um espaço de pesquisa e de ensino no qual o homem aprende da Natureza. O Instituto vai promover ensinamentos inovadores que vão nutrir os conhecimentos atuais e permitir acessar a novos campos de consciência e de saberes, incubadores de novas soluções para a humanidade.

Itacaré-BA

O projeto é localizado na Mata Atlântica a 15km da costa num sitio de 25 hectares vizinho da fazenda e reserva Pedra do Sabiá e beirado por um pequeno rio que da acesso ao rio de Contas que desemboca no mar na cidade de Itacaré-BA.

Uma biodiversidade excepcional

Na Mata Atlântica a Natureza exprima toda sua beleza e sua grande biodiversidade.

É um dos ecossistemas os mais ricos em biodiversidade de plantas et de animais do planeta (mais de 400 arvores diferentes por hectare, 200 aves identificados nas florestas do entorno, inumeradas plantas medicinais ainda utilizadas pelas populações locais), uma prioridade para a conservação da biodiversidade e para a observação e a escuta da natureza.

O projeto esta localizado num sitio na continuação de três reservas privadas e do parque estadual da Serra do Conduru, formando assim um conjunto de mais de 10 000 hectares de floresta protegida.

A reserva e fazenda Pedra do Sabiá

Hugo (65 anos) chegou na região com sua família em 1983, respondendo a um chamada interior e acolhendo com confiança um misterioso concurso de circunstancias que o trouxeram na Pedra do Sabiá da qual ele é o guardiã e o gestor.
Depois de anos de atividades de consultoria e de coach na France e no Mundo, ele decida em 2004 de se dedicar na criação de um espaço holística para o desenvolvimento pessoa e a conexão com a Natureza: Yoga, QiGong, retiros na natureza, dança e tambores, constelações familiares e xamanicas, Reiki, saúde e alimentação viva, plantas medicinais, cosmética natural, agroecologia e permacultura, Gaia educação, botânica e observação da natureza, diálogos em humanidades.

A Pedra é também uma linda reserva e uma fazenda de produção de cacau, de bananas e de muitos outros frutos tropicais, de jardins produtivos e de agricultura orgânica

Na Pedra se fabrica chocolates e cosméticos naturais, polpas de frutas e artesanato. Se cultiva também plantas medicinais.

A pequena comunidade de residentes, de famílias nativas e voluntários por um período cuidam das florestas e dos jardins, das casas e espaços coletivos e acolhem os visitantes nos bangalôs e casas na beira do rio.

Depois de 10 anos de atividade, a pequena comunidade que vive na Pedra e novos parceiros decidiram criar o Instituto Soraïa.

As finalidades do Instituto Soraïa

Um espaço de pesquisa e de ensino no qual o homem aprende da Natureza.
O Instituto vai promover ensinamentos inovadores que vão nutrir os conhecimentos atuais e permitir acessar a novos campos de consciência e de saberes, incubadores de novas soluções para a humanidade.
Temos identificados alguns domínios de atividades a partir de nossa experiência e das primeiras parcerias como:

Ensinamento de praticas de conexão com a natureza, para aprender estes novas linguagens e comunicar diretamente com as plantas, as arvores, os animais e os minerais.
Plantas medicinas: a associação Rosa dos Ventos reuni anciões da região e muitas informações sobre as plantas medicinais locais.
Geometria sagrada das plantas: observação e estudo das formas e estruturas encontradas na natureza, fonte de inspiração e de conhecimentos para nossa humanidade em todos seus domínios de atividades.
Óleos essenciais e aromaterapia, alquimia das plantes ou spagyrie, a arte de produzir a quintessência

Agro-floresta para produzir nossos alimentos em sintonia com a Natureza que nos mostra como ela sabe estar abundante e generosa quando entendemos e aplicamos os princípios que a conduzam. A Pedra do Sabiá já disponha de vários sistemas que servirão de base e para os ensinamentos.
PANCS, plantas alimentícias não convencionais fonte de alimentos colocados a nossa disposição pela natureza com intervenção humana muito limitada ou inexistente.
Também serão realizadas ações de informação e de assistência nas zonas rurais e cidades da região.

Cidade Fruta-pão-Soraïa

O Instituto em criação será localizado na cidade Fruta-pão-Soraïa, no coração da mata.

Um espaço de acolhimento, de encontro e de co-criação paras os pesquisadores e estudantes.

  • Um espaço de vida comunitária para os moradores e gestores da cidade e do instituto.
  • Um espaço sustentável; autônomo em energia e produção de alimentos criado seguindo os princípios da permacultura.

Fruta-pão do nome da árvore central situada nas proximidades da casa e do centro e Soraïa que significa “aquela que cria a beleza”

Algumas inspirações inicias para a Cidade

As construções  e caminhos se inscrevem numa tripla espiral de Fibonacci

Os espaços de pesquisa, de ensinamento e de criação estão distribuídos no Sitio por natureza:

  • Espaço em conexão com a natureza no meio das plantações (zona de 5 hectares situada no bordo do rio)
  • Espaço em conexão com o céu e o espaço, localizado no ponto mais alto da terra com um visual muito vasto para as florestas do entorno.
  • Espaço de introspeção e de auto conhecimento localizado na floresta perto de uma nascente
  • Espaço de ensinamento e de expressão dedicado as crianças

Os plantios e jardins produtivos em agrofloresta, flores, plantas medicinais e aromáticas.

O coração do espaço comunitário com três construções principais para alimentação, os encontros e o espaço de criação.

As casas individuais estão realizadas no plano global numa unidade arquitetural inspirada da Natureza.

Quem somos?

Um grupo de fundadores se reune há alguns meses para sonhar juntos.

São residentes, amigos e parceiros da Pedra do Sabiá: André, Anne-Solenn, Breno, Caminho do Amor, Carol, Céline, Claudina, Eduardo, Julia, Nelson, Renato, Rodrigo, Vera.  Reunindo talentos de arquitetos, agricultores, construtores, terapeutas, biólogos, especialistas em energia renovável.

A Cidade acolhe pessoas de boa vontade, alinhados nos propósitos do Instituto e da Cidade que se integram com respeito das regras e quem enriqueçam a vida coletiva e as criações com suas artes e seus talentos: voluntários e futuros residentes.

Primeira etapa : 2018 lançamento do  projeto

Elaboração do programa com os parceiros do Instituto: encontros com os parceiros potenciais, identificação das linhas de pesquisa e das prioridades, definição das atividades de pesquisa e de ensinamento, identificação dos públicos e avaliação dos impactos esperados: estudantes, jovens e moradores da região do projeto.

Planta da Cidade  alinhada nas finalidades e numa perspectiva que integra a geometria sagrada e os princípios da permacultura

Plantios iniciais dos jardins e enriquecimento da biodiversidade,

Reestruturação da casa atual e criação de uma base de vida para acolher os primeiros residentes e construtores (capacidade para receber de 15 a 20 pessoas + os primeiros estudantes) e melhoria das vias de acesso (estrada e rio)

Os recursos:

Uma equipe local já mobilizada (arquitetes,  agricultores e construtores) mobilizada e pronta para morara na cidade + pedidos de voluntariado e de aprendizagem

Parceiros no Brasil e na França quem se sinta chamados pelo projeto e desejam oferecer seus talentos e competências para a co-criação do Instituto e da Cidade.

Criação de um fundo para recolher doações na França e no Brasil para realizar esta primeira etapa: cerca de 70 a 90 mil reais.

As energias de doação e de transmissão entre gerações são particularmente importantes neste momento de grandes diferenças de renda e de recursos financeiros; na Cidade experimentamos na vida cotidiana uma participação baseada na doação que seja de trabalho ou de dinheiro dependendo das capacidades e vontade de cada um e das necessidades da comunidade.

Sentiu conexão com o projeto?

Temos sentido um chamado para co-criar o Instituto Soraïa e a Cidade de luz Fruta-Pão-Soraïa.

Nós nos sentimos ao mesmo tempo muito animados e honrados da beleza e do tamanho do projeto, e também temos consciência do desafio.

Estamos confiantes que muitos outros seres vão se juntar a nós.

Entre em contato e contribua como puder e sentir.

Instituto Soraïa

Pin It on Pinterest